segunda-feira, 9 de maio de 2016

Dicas de decoração para jardins internos

Decorando Jardins internos:

Para uma casa natural e cheia de vida, traga para o ambiente interno nichos com plantas, aumentando o bem-estar e a qualidade de vida dentro de casa.
.
Enquanto os jardins ocidentais tendem a ser cênicos e coloridos, com estátuas e flores de diversas cores e formatos, os jardins orientais priorizam a contemplação, o equilíbrio harmônico, pois têm cunho meditativo - cada elemento tem um significado, fazendo alusão aos elementos da natureza.
.
Baseado nestes conceitos distintos, pode-se direcionar a decoração: seja com pequenos ou grandes vasos, esculturas ou bustos dispostos sobre prateleiras, pedras ornamentais, areia, seixos, fontes de água ou bonsais. A coordenação dentro destes ambientes varia de acordo com a intenção decorativa.
.
Uma mistura equilibrada destes elementos pode decorar pequenos espaços internos, antes sem uso, como corredores, hall de entrada, living, a única exigência destes espaços é bastante claridade, sem muita exposição direta dos raios solares, demais condições podem ser reproduzidas.
.
As plantas mais indicadas, são as menos exigentes, como o cactus, variantes da familia das suculentas, alguns tipos de palmeiras (Aréca, Chamaedória, rafis) , bambus, e folhagens de pequeno porte como a dinheiro em penca, pleomele, singônio, jibóia, e quanto as flores, as violetas, begônias e lírios são uma ótima opção. Importante sempre ressaltar a característica individual de cada planta.


Foto Utilizada: Casa Cor SC 2013 - Arq. Maurício Christen e Cláudio Schramm - Living - Foto: Juliano Fernandes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário